2 de abril - Hans Andersen e o Dia Internacional do Livro Infantil

sábado, 2 de abril de 2011

Capas de O Patinho Feio, de 1894, com ilustrações de T. van Hojitema (esq.)
Contos de Fadas de Andersen com ilustrações de Frederick Richardson (dir.)
Hoje é o Dia Internacional do Livro Infantil, data que foi escolhida para homenagear Hans Christian Andersen (1805-1875), famoso escritor de contos infantis que nasceu neste dia.

Andersen era natural da Dinamarca, filho de um sapateiro e sua mãe era analfabeta. Mas, apesar das dificuldades financeiras, conseguiu estudar e desde cedo demonstrava aptidão para o teatro e a literatura.

Apesar de ter escrito romances adultos, livros de poesia e relatos de viagens, foram os contos infantis que tornaram-no famoso. Até então, eram raros os livros voltados especificamente para crianças.
Capas de Contos de Fada de Andersen: Amor de mãe (déc. 1870),
Quarenta contos de Andersen (1930) e Lendas de contos de Fada
Inicialmente, seus contos foram publicados como chapbook (gênero secundário de publicação produzido para ser comercializado por vendedores ambulantes, constituído por uma única folha impressa dobrada em doze ou dezesseis páginas) e combinavam fantasia com folclore. Em 1846 sua obra foi traduzida para o inglês e contou com ilustradores como Theo van Hojitema, Frederick Richardson, entre outros. 

Entre os títulos mais divulgados da obra de Andersen encontram-se: "O patinho feio", "O soldadinho de chumbo", "A roupa nova do Imperador", "A pequena sereia" e "A Menina dos Fósforos". Todas essas obras fazem parte do imaginário da maioria das crianças do mundo até os dias de hoje, tendo sido adaptados para o cinema, o teatro, a televisão, desenhos animados, etc.

Para quem se interesse por história da literatura infantil e especificamente capas de livros infantis, uma boa dica é o livro Era uma vez uma capa, da CosacNaify.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...