Maneiras diferentes de ilustrar

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Se existe um setor editorial que permite mil criações e invenções é o universo do livro infantil. Apesar de estarmos acostumados com as ilustrações com aparência em 2D (que podem ser lindíssimas) existem outras maneiras de ilustrar. Um bom exemplo dessas outras possibilidades é o trabalho de Luiz Zerbini na edição da CosacNaify de Alice no país das Maravilhas. O artista paulista criou cenários feitos com cartas de baralho e belíssimas ilustrações que saltam por meio de recortes. O toque final é dado pela fotografia com luz teatral. O resultado é deslumbrante graças ao conjunto criatividade+técnica. Gostei tanto que acabei comprando o livro mesmo não sendo mais criança.
Quem também fez diferente foi a editora Edelbra na série Paraíso da Criança. A coleção é ilustrada por meios de fotografias de bonecos em cenários que representam os clássicos infantis. A coleção é antiga (ganhei a minha há uns 15 anos, quando eu ainda era criança, mas gosto tanto que ainda não me desfiz dela). Apesar do resultado final ser visualmente um pouco mais simples que os dos livros da Cosac e a diagramação não ser um primor (pelo menos nas edições que eu tenho e que foram feitas num tempo que não havia inDesign), os clássicos com bonecos não deixam de ser encantadores e bem diferentes. A produção ganhou o prêmio Jabuti nos anos de 1984 e 1985.

Um comentário:

  1. Tenho esse livro, porque particularmente sou apaixonada por 'Alice no país das maravilhas' e As ilustrações são magnificas mesmo ! Vale a pena ter o livro :D

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...