Logos das Copas do Mundo - O design nas Copas parte III

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Ao contrário dos cartazes, os logos não estão presentes desde a primeira Copa do Mundo. E, mesmo depois que apareceram pela primeira vez, sua presença não era regular nas edições seguintes, o que demonstra pouca preocupação com esse elemento nas primeiras realizações do evento.

Suíça 1954 - A partir de poucas cores e três elementos (a bandeira suíça dentro de uma bola e ambas dentro do globo terrestre), a Suíça apresentou o primeiro logo da Copa do Mundo com cara de logoO texto que contorna o globo com os dizeres "Campeonato do Mundo de Futebol" está em três línguas oficiais do país: francês, alemão e italiano.

Chile 1962 - O elemento de destaque é o estádio com a bandeira do Chile que é emoldurado por um círculo que é metade bola de futebol e metade globo terrestre.

Inglaterra 1966 - O logo inglês trouxe a bandeira do Reino Unido ladeando os outros elementos: a bola e a taça antiga (o modelo que atual foi inserido em 1974).

México 1970 - Assim como o cartaz, o logo da Copa do México chama atenção pela simplicidade, força e tipografia trabalhada. Ao contrário dos logos anteriores, não faz nenhuma referência direta ao país sede 

Alemanha 1974 - O logo alemão segue a tendência de simplicidade da Copa anterior e a única referência ao país sede são as letras WM, abreviação de Weltmeisterschaft, que significa “Copa do Mundo” em alemão.

Argentina 1978 - Continuando a tendência de objetividade dos logos anteriores, a versão argentina também é simples mas faz referência direta aos anfitriões com as faixas azuis da bandeira da Argentina.

Espanha 1982 - A Espanha inseriu sua bandeira em conjunto com a bola numa construção que lembra muito o momento de um chutão na bola ou um cometa.

México 1986 - O México sedia sua segunda Copa e preza pela simplicidade novamente. Uma bola de futebol entre as duas partes do globo fazem conexão direta com o slogan daquele ano “The World United por Ball”. As cores são as mesmas da bandeira mexicana.

Itália 1990 - O logo da Copa da Itália é uma bola estilizada com as cores da bandeira do país sede.

Estados Unidos 1994 - O logo mostra claramente onde foi realizado o evento. Com as listras vermelhas e brancas da bandeira norte-americana e a parte das estrelas substituída por uma bola azul seguindo uma trajetória diagonal.

França 1998 - Uma bola de futebol subindo além do horizonte do planeta nas cores da bandeira francesa. Provavelmente, o que melhor utilizou o elemento globo terrestre.

Coreia e Japão 2002 - 
O primeiro logo do novo milênio é mais moderno e é o meu favorito. Composto pela taça dada ao vencedor em versão estilizada, ainda incorpora elementos orientais na tipografia, que lembra o shodō (caligrafia japonesa feita com pincel). Ainda há o símbolo de infinito nos zeros de 2002. O logo também aparece como detalhe nas versões de 2006 e 2010.

Alemanha 2006 - O alegre logo foi nomeado “Celebrando as Faces do Futebol”. As carinhas formam 06 para indicar o ano de 2006. Também há a miniatura do logo de 2002 incorporado e uma faixa tripla na lateral que faz referência às cores da bandeira alemã.

África do Sul 2010 - O logo de 2010 mostra a representação de um jogador dando uma bicicleta. A listras ao fundo formam o continente africano e a bandeira da África do Sul em versão estilizada. Também há o logo de 2002 incorporado.

Brasil 2014 - Desenhado pela agência África, o logo da copa sediada em nosso país parte de um princípio simples: o troféu da vitória envolvido por mãos. As cores principais são as mesmas da bandeira. A ideia era bastante interessante mas a execução não foi muito feliz, assim como a tipografia de "Brasil", que apesar de descontraída tem legibilidade péssima e foi utilizada em diversas outras peças do evento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...